Termopar

São utilizados em fornos de alta e baixa temperatura, injetoras de plásticos, caldeiras, tanques de óleos e muitos outros equipamentos.

Descrição

Existem vários tipos de termopares industriais que permitem medir temperaturas entre -270 graus ate + 2320 graus Célsius são eles:

Termopar tipo K.

O termopar tipo K é um dos mais utilizados, tem um baixo custo devido à sua popularidade estão disponíveis variadas sondas. Chegam a cobrir temperaturas que variam entre -200 °C á 1200 °C, com sensibilidade de aproximadamente 41µV/°C

Termoelemento positivo (KP): Ni90%Cr10% (Cromel)
Termoelemento negativo (KN): Ni95%Mn2%Si1%Al2% (Alumel)
Faixa de utilização: -270 °C a 1200 °C
f.e.m. produzida: -6,458 mV a 48,838 mV

Termopar tipo E.

Este termopar é adequado para baixas temperaturas por ter uma elevada sensibilidade (68 µV/°C).

Termoelemento positivo (EP): Ni90%Cr10% (Cromel)
Termoelemento negativo (EN): Cu55%Ni45% (Constantan)
Faixa de utilização: -270 °C a 1000 °C
f.e.m. produzida: -9,835 mV a 76,373 mV

Termopar tipo J.

Aplica-se sobretudo em equipamentos já obsoletos que nem sempre são compatíveis com termopares mais ‘modernos’. A utilização do tipo J acima dos 760 °C leva a uma transformação magnética abrupta que estraga a calibração. É possível proteger a ponta do termopar para evitar uma corrosão usando vidros, cerâmicas ou ligas metálicas interferindo o mínimo possível na medida do termopar.

Termoelemento positivo (JP): Fe99,5%
Termoelemento negativo (JN): Cu55%Ni45% (Constantan)
Faixa de utilização: -210 °C a 760 °C
f.e.m. produzida: -8,096 mV a 42,919 mV